Quem somos
Temas
Intervenção
 

Por Fátima Fonseca

17 de Fevereiro de 2003



   Os MadreDeus têm um disco recente, lindíssimo, em que aparece entre muitas outras, uma canção intitulada “Oxalá”. A certa altura, ouve-se a voz inconfundível de Teresa Salgueiro cantar “Oxalá, eu não faça tudo à pressa...”

  ...É esta letra exactamente que me vem à cabeça, ao pensar no “ m2” desta semana que passou tão, tão rapidamente, talvez demasiado cheia de actividades pessoais e repleta – como sempre acontece ultimamente – de grandes notícias nacionais e estrangeiras!

  Às vezes, ao rodar constantemente o botão do rádio, ao carregar no rato para ir à Internet, ou ao tentar ouvir algum telejornal, enquanto folheio os jornais, sinto-me quase “news-addicted”, de tão presa que estou às más notícias que toda a gente conhece, e por isso, hoje, (enquanto me repito interiormente “ oxalá eu não faça tudo à pressa!”) não posso deixar de vos transmitir outras pequenas notícias, boas notícias, quase em linguagem telegráfica, de alguns dos ambientes por onde andei... e que talvez não cheguem sequer a ser notícia em parte alguma, a não ser que as registe aqui...

  Começo por recordar um grupo de mães preocupadas com a adolescência dos seus filhos, que se reuniu uma destas noites, lá para a Colina do Sol, em casa de uma professora, igualmente mãe e jovem, para discutirem o tema, trocarem ajudas, preocupações, sugestões e sobretudo, para ficarem com a certeza de que este tempo de angústia em tantos casos, passará sem deixar estragos de monta...o que importa mesmo é ter pais atentos que escutam, seguem e interpretam devidamente os sintomas das diferentes etapas, estão presentes e amam, mesmo nos muitos “Nãos” que têm de saber dizer...e nos incontáveis esforços de harmonização, desdramatização e optimismo, que tentam fazer...Abençoadas mães (seriam umas 20? Ou eram mais?)!

  Depois foi uma visita a uma espantosa escola de sucesso na Lourinhã – um verdadeiro “case-study”! – um barracão pensado para 5 anos, agora com 25 anos de idade , com um enorme dinossauro logo à entrada... e um director, verdadeiro “ leader”, professor de Educação Física, rodeado de uma excelente equipa de professores, que consegue dirigir com êxito a sua escola, integrar num currículo alternativo alunos “difíceis” das escolas vizinhas e abrir-lhes janelas de um futuro mais promissor. Mas as suas preocupações e criatividade vão mais longe e assim, dedicados professores com formação do CENJOR, conseguem ali promover há vários anos, esta Semana da Comunicação Social, levando à escola diferentes profissionais, organizando debates e entrevistas, fazendo programas de rádio, filmagens, etc...e foi assim que lá fomos parar, numa destas nossas acções de formação “ Educar para os Media”, da ACMedia.

  Aí encontramos jovens alunos motivados e atentos, como o Bruno Carvalho e o Miguel Moura (que até desligam sempre a televisão para poderem conversar - pois claro que sim! com a família à hora do jantar...), mais os seus colegas, todos desejosos de participar e dizer de sua justiça! Parabéns à escola, ao director, aos professores e aos alunos! Via-se, notava-se, que gostam da sua escola e ali se sentem bem!

  Depois, nesse mesmo dia, já no regresso, um enterro de um familiar e... mais uma festa de anos de um filho muito querido... (a correr, voltar a casa e fazer jantar familiar, a correr, arranjar um pré - presente simbólico e procurar uma vela de anos improvisada, e sorrir, servir, cantar e estar com todos... Apetece perguntar, se escolhemos devidamente as nossas prioridades diárias, se estamos onde devemos estar, se damos um pouco da nossa atenção a quem mais sofre a solidão acabando os seus dias num lar...! Só ouço em mim “oxalá eu não faça tudo à pressa...”! Por favor, Alguém me deixa rebobinar a fita do tempo, voltar atrás só um bocadinho, para meter alguma coisa mais nesta corrida contra o tempo e em busca dos afectos perdidos ou não correspondidos?).

  Por último, já em fim-de-semana, de novo nos fazemos à estrada, desta vez, em direcção a Coimbra, onde uma espantosa delegada da ACMedia (viva a Goia!), rodeada de uma pequena equipa, nos organiza um painel numa belíssima sala, com a presença do Eng.º Adriano Lucas, do economista Dr. Barbosa de Melo, do vereador da Câmara Dr. Mário Nunes e do Presidente da ACMedia, para debatermos “O impacto dos meios de Comunicação Social no contexto actual”.

  Num ambiente agradável, com uma assistência interessada e participativa, os assuntos fluem, as experiências pessoais são partilhadas e...chegamos ao fim com a certeza de que valeu a pena! A ACMedia semeou e encontrou terreno fértil e gente interessada em colaborar e promover esta luta sem tréguas pela qualidade dos nossos meios de Comunicação!

  Não pode acabar porém, este “m2” (um tanto acelerado e porventura cansativo só de ler!), sem que vos conte, como em dada altura, alguém lembrou e muito bem, a propósito de Internet – que é devida uma felicitação muito particular à Polícia Judiciária pelo oportuno alerta que acabou de lançar aos pais mais distraídos, para que não deixem os seus filhos navegar à vontade na Internet, onde na verdade – como ali foi repetido e recordado – estão sujeitos aos mais diferentes perigos, desde o “chat” com estranhos e mal intencionados, passando pela pornografia, pedofilia e venda de droga, até à pura e total dependência e quase autismo, tal como tantas crianças já evidenciam relativamente à televisão, jogos de vídeo e outros semelhantes. Alerta, Pais! Precisamos estar atentos!

  ...Desculpem lá, mas por acaso, não estão a ouvir o que eu ouço?...“Oxalá eu não faça tudo à pressa”...conhecem esta música?