MAIO 2009



DESTAQUE DE ACTIVIDADES



  • Realizou-se em Coimbra, em 28 de Março, a 23ª Assembleia Geral da ACMedia, tendo-se debatido novas formas de organização interna propiciadoras de maior contacto e melhor dinamismo com os associados.
  • Workshop ANACOM em 16.Abril, sobre “O Dividendo Digital: Desafios do mercado e objectivos de interesse público”


  • Reuniões do GT sobre a TDT, início em 4 de Maio (ver «Flash»).

  • Reunião do GT da APDSI sobre “As TIC para um mundo seguro”. Foi apresentado o relatório preliminar em 6 de Maio. A apresentação pública do relatório final está prevista para a 2ª quinzena de Junho.
  • Encontro MediaSmart em 8 de Maio, para discussão com especialistas estrangeiros sobre a forma de avaliação do programa.


  • Reunião do Conselho Consultivo da ERC, sobre o tema “Metodologia de verificação de audiências”.




Reunião do Grupo de Trabalho sobre a Televisão Digital Terrestre

Na qualidade de membro efectivo deste GT, a ACMedia vem expressando as suas preocupações sobre três áreas no período de transição do sistema analógico para o digital:

- Custo dos equipamentos necessários para aceder à TDT, pois importa atender às populações de fracos recursos, obtendo reduções significativas sobre o PVP;
- Informação técnica em linguagem acessível a não especialistas, procurando minimizar as consequências da iliteracia para os media;
- Cobertura total do território nacional, procurando não acentuar assimetrias de desenvolvimento já existentes.

Depois de alguma ponderação sobre o teor das intervenções dos participantes nas reuniões, julga-se poder concluir pela existência de condições que permitem antever um desenrolar muito positivo deste processo em que a ACMedia se continuará a empenhar.




Continuamos a aguardar a decisão da DGC sobre os subsídios a conceder aos seguintes projectos apresentados pela ACMedia para 2009:
• Aproximar gerações educando para os media
• Criação de Redes de Conhecimento
• A Cultura da Segurança na Internet
• Reforçar a Cidadania e Promover a Participação
• Programa do Comité Executivo Internacional do Audiovisual




CARTA DOS DIREITOS E RESPONSABILIDADES DOS PAIS NA EUROPA (a)

1) Os pais têm o direito de criar os seus filhos sem discriminação de cor da sua pele, origem étnica, nacionalidade, credo, sexo ou da sua situação económica.
Os pais têm a obrigação de inculcar nos seus filhos o sentido da responsabilidade, de modo a permitir a construção de uma sociedade mais humana.

2) Os pais têm o direito ao reconhecimento da sua primazia como educadores dos seus filhos.
Os pais têm a obrigação de educar os seus filhos de modo responsável e de não os negligenciar.

3) Os pais têm o direito de proporcionar aos seus filhos o pleno acesso ao sistema educacional, com base nas suas necessidades, capacidades e méritos.
Os pais têm a obrigação de se envolverem pessoalmente na educação escolar dos seus filhos.

4) Os pais têm o direito de acesso a toda a informação que as escolas possuam relativamente aos seus filhos.
Os pais têm a obrigação de prestar às escolas frequentadas pelos seus filhos toda a informação necessária para que se atinjam os objectivos educacionais comuns.

5) Os pais têm o direito de escolher a educação mais adequada às sua convicções, e valores que considerem importantes para a educação dos seus filhos.
Os pais têm a obrigação de fazer uma escolha bem informada e consciente da educação que desejam dar aos seus filhos.

6) Os pais têm o direito de ver respeitados pelo sistema educacional formal o conteúdo espiritual e cultural da educação que dão aos seus filhos.
Os pais têm a obrigação de ensinar aos seus filhos a respeitar e a aceitar os outros e as suas convicções.

7) Os pais têm o direito de exercer influência na política implementada pela Escola dos seus filhos.
Os pais têm a obrigação de se envolverem pessoalmente na vida das escolas frequentadas pelos seus filhos, dado que elas constituem um elemento vital da comunidade local.


(a) Texto da “Europren Parent’s Associations (EPA)”. Esta Associação pretende representar e dar voz a todos os pais da Europa, e está ligada à União Europeia.



QUOTAS – A ACMedia vive do pagamento das quotas. Verifique se tem a sua quota em dia. Se não, proceda ao seu pagamento quanto antes (Quota normal: mínimo 20 Euros - Quota familiar: mínimo 35 Euros)



ACMedia – Associação Portuguesa de Consumidores dos Media
Rua de Santo António à Estrela, 108 r/c Dto.  1350–294  LISBOA    Tel. 21 882 1733    Fax 21 882 1734
acmedia@acmedia.pt 
  www.acmedia.pt